Busca rápida X


OPORTUNIDADE DE RENDA EXTRA NA INTERNET? $$$$
EU LUCAS DE CAMPOS, DONO DA LCCOMUNIC TE CONVIDO
CONFIRA MEU BLOG, TENHO MUITA INFORMAÇÃO SOBRE ISTO!

Blog

17 fevereiro, 2016

Facebook cria central de prevenção ao bullying no Brasil

Facebook aproveitou a volta às aulas para lançar a versão brasileira de sua central de prevenção ao bullying nesta terça-feira (16). Em parceira com Unicef e Safernet Brasil, a iniciativa é voltada a estudantes, pais e professores e vai ao ar pouco mais de uma semana após entrar em vigor a lei que obriga escolas e clubes a adotarem medidas de prevenção e combate ao bullying.

O Facebook é a maior rede social do mundo, com 1,59 bilhão de usuários, e possui outros serviços populares como os aplicativos Instragram, de fotos, e WhatsApp, de mensagens. O Brasil possui uma das maiores populações no site, sobretudo jovens. "Se a gente não tornar a rede mais segura, sabemos que nossos usuários não estarão nela", afirmou Bruno Magrani, diretor de políticas públicas da empresa.

Criada em 2013 nos Estados Unidos com a ajuda da Universidade de Yale, a central é um hub de informações para identificar adolescentes em situações de assédio ostensivo e quais atitudes tomar em relações a isso. As abordagens são específicas para cada grupo, ou seja, alunos recebem orientações diferentes das dadas a docentes e pais. Já presente em 52 países, dos quais o último a receber foi o México, a central foi adaptada para o contexto brasileiro com a ajuda da Unicef, braço da ONU para crianças e adolescentes, e da Safernet, ONG de segurança digital (Veja aqui).

Diálogo com os pais

Gabriela Mora, oficial do programa de cidadania dos adolescentes do Unicef, explique que, em outros países, aconselhar a vítima de bullying a falar com o agressor funciona, como ocorre em versões estrangeiras do programa. No Brasil, porém, isso poderia intensificar as hostilizações. Por isso, a central estimula que o diálogo entre pais e professores com os alunos.

Além de dicas como essa, há uma lista das ferramentas já disponíveis no Facebook para denunciar conteúdo, configurar aspectos da privacidade na rede social e implantar medidas de segurança. “As medidas atuais são tomadas depois de o bullying já ter ocorrido. Agora o Facebook quer prevenir”, diz Magrani.

Considera-se intimidação sistemática (bullying) todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima, em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas
LEI Nº 13.185, Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying)

As regras de comunidade do Facebook já possui um capítulo sobre bullying e assédio. Avisa que pode remover páginas, imagens alteradas, fotos, vídeos e informações criadas par humilhar outros usuários. A rede social não informa a quantidade de conteúdo desse tipo já retirado do ar.

Não manda nudes

A central possui também canais a que as vítimas podem recorrer, como um chat da Safernet em que podem conversar com psicólogos. Dentre as solicitações de ajuda psicológica recebidas pela ONG a respeito de problemas na internet, o bullying é o segundo maior gerador de insatisfação de jovens — perde apenas para o vazamento de imagens íntimas, os "nudes".

Rodrigo Nejm, diretor de educação da Safernet, diz que o hub de informações "desmistifica esse conceito de nativo digital". "A gente supõe que eles [adolescentes] estão habilitados a dominar as ferramentas digitais", o que não quer dizer que possuem "discernimento para usar essas ferramentas com capacidade crítica". "Relações éticas e sustentáveis não se aprendem apertando um botão."

Bullying, a lei

O lançamento da central de prevenção ao bullying no Brasil por parte do Facebook coincide com o Programa de Combate à Intimação Sistemática (Bullying), iniciativa do governo federal que entrou em vigor no começo de fevereiro.

O bullying (ou intimidação sistemática) se manifesta como violência física ou psicológica em atos de intimidação, humilhação ou discriminação
Facebook, Central de Prevenção ao Bullying

Segundo o texto da lei, bullying é "a prática de atos de violência física ou psíquica exercidos intencional e repetidamente por um indivíduo ou grupo contra uma ou mais pessoas com o objetivo de intimidar ou agredir, causando dor e angústia à vítima".

Já o Facebook, “o bullying (ou intimidação sistemática) se manifesta como violência física ou psicológica em atos de intimidação, humilhação ou discriminação.” E completa: “o bullying é uma forma de violência e pode acontecer de várias maneiras diferentes com jovens de todos os tipos”.

O caráter digital também consta na lei. O cyberbullying ocorre "quando se usarem os instrumentos que lhe são próprios para depreciar, incitar a violência, adulterar fotos e dados pessoais com o intuito de criar meios de constrangimento psicossocial".

A lei chega a descrever a "intimidação sistemática" na internet como o ato de "depreciar, enviar mensagens intrusivas da intimidade, enviar ou adulterar fotos e dados pessoais que resultem em sofrimento ou com o intuito de criar meios de constrangimento psicológico e social".

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2016/02/facebook-cria-central-de-prevencao-ao-bullying-no-brasil.html / Foto: Reprodução/Facebook / Por Helton Simões Gomes

Do G1, em São Paulo

Descubra AGORA os 03 Passos Fáceis para Divulgar e Vender Como AFILIADO

Depois de 14 anos de experiência, Alex Vargas colocou nesse livro 03 passos mais simples para começar como afiliado digital. Quando você colocar as mãos nesse livro digital gratuito, nunca mais vai ter problemas para divulgar e vender muito como afiliado.

OPORTUNIDADE DE RENDA EXTRA NA INTERNET? $$$$
EU LUCAS DE CAMPOS, DONO DA LCCOMUNIC TE CONVIDO
CONFIRA MEU BLOG, TENHO MUITA INFORMAÇÃO SOBRE ISTO!

Confira nossos principais serviços!

Gostou? Entre em contato conosco pelo WhatsApp (55) 99613-0941 ou pelo e-mail [email protected]

Olá! Clique em um dos nossos representantes abaixo para ter atendimento online.

Atendimento Online pelo WhatsApp